Você é uma pessoa desastrada? Vive esbarrando na mesa e batendo o pé na quina dos móveis? Percebe falta de coordenação para realizar o movimentos na hora de se exercitar? Talvez não seja desastre e nem distração. Você precisa desenvolver sua consciência corporal.
A consciência corporal consiste em nossa capacidade de percepção corporal, profunda e completamente. Entender os nossos movimentos, os limites do nosso corpo, a relação do corpo com o ambiente e o quanto podemos aguentar para ter os resultados esperados. Saiba mais!

Como desenvolver a consciência corporal?

As nossas articulações, músculos e ligamentos possuem estruturas neurais, elas reconhecem a localização espacial, além de estimular as respostas de equilíbrio e postura de nosso corpo. Os proprioceptores são responsáveis pela resposta neuromuscular do corpo, principalmente em instabilidade. Quanto mais rápida a resposta do corpo, menores são as chances de lesões.

Ter consciência corporal também é um aliado para quem pratica exercícios físicos, pois a consciência corporal tem relação direta com a forma correta de executar os movimentos de um exercício. Muitas vezes, na ansiedade de atingir os resultados desejados de forma mais rápida, elevamos os exercícios para mais do que nossos corpos aguentam. Isso gera um cansaço maior, além da chance de lesões que não ocorreriam.

Por exemplo, durante um treino para uma determinada parte do corpo, é normal que as musculaturas auxiliares trabalhem juntamente com a área que está sendo exercitada. Mas, se uma pessoa não tem a devida consciência corporal, pode ativar musculaturas desnecessárias para aquele movimento, o que pode ser prejudicial para o corpo.

Essa habilidade pode nos ajudar também em nosso dia-a-dia, com as dores provenientes de posturas erradas, cadeiras sem ergonomia. Quando entendemos que esses descuidos acabam por prejudicar nosso corpo, remediar se torna mais fácil e aumenta a qualidade de vida de uma forma generalizada.

E como a consciência corporal pode melhorar os resultados do treino?

O uso da consciência corporal é um aliado essencial para quem deseja potencializar os efeitos do treino físico. Na musculação, por exemplo, um movimento errado pode fazer com que a massa muscular evolua de forma incorreta ou não ter um crescimento visível.

A maior parte das lesões provenientes de exercícios físicos acontecem por falta de atenção ou por exigir mais do que seu corpo pode aguentar. Por meio da consciência corporal as dores e lesões causadas por estes motivos podem ser evitadas. É essa habilidade que te faz entender quais os músculos que deverão ser ativados para um movimento específico, treinando de maneira mais consciente e efetiva.

Além de potencializar o treino, a consciência corporal evita que você gaste energia desnecessariamente, mantém o corpo firme nos movimentos, evitando que todos os músculos sintam o impacto.

Quando seu corpo está sem dores, com articulações bem lubrificadas e os músculos fortalecidos, o resultado é mais disposição para realizar os exercícios, além de uma maior qualidade de vida.

Conhecer melhor seu próprio corpo é a forma de conseguir ter consciência corporal, então, coloque-o em movimento para que ele se entenda melhor. Existem exercícios bastante conhecidos por trazer uma consciência corporal maior, como o pilates, a dança e o yoga.

Verifique se o seu plano de saúde cobre pilates e/ou faça aulas de dança e yoga. Com certeza você sentirá diferença significativa.

Por: Andreia Silveira, redatora do site PlanodeSaudeNota10.