Muitas pessoas acham que passar fome é o único jeito de emagrecer.
Quando você passa fome, não consegue atingir o resultado que você
almeja por muito tempo. O nosso corpo começa a entrar em estado de
alerta aumentando os sinais de fome e mais ainda a vontade de comer. São
processos químicos e fisiológicos do nosso corpo e que podem gerar efeitos
indesejáveis, o famoso EFEITO SANFONA.

Então, como funciona a fome?

A fome é o mecanismo ativado para que a gente não entre em processo
de desnutrição. É o nosso corpo avisando que precisa repor nutriente e
energia. Dessa forma sentimos uma vontade de procurar um alimento para satisfazer a vontade de comer física ou emocional.
O ato de comer não é guiado apenas por uma necessidade biológica,
mas também por uma necessidade emocional. É importante destacar que nem sempre o comer desregulado é por uma falta de conhecimento ou necessidade do corpo, mas por um desequilíbrio nas emoções.

A fome fisiológica é o ato de querer se alimentar causado por uma série
de estímulos. Um deles é a redução de nutrientes no corpo, então toda vez
que aminoácidos e glicose reduzem na corrente sanguínea, temos
possibilidade de sentir fome e isso ocorre porque o estômago vazio envia sinais que vão até o hipotálamo no nosso cérebro, comunica que precisa de
nutrientes e retorna por uma via paralela dando sinais clássicos de fome.

Outros fatores que influenciam no sentir fome: horário do dia ou reuniões
sociais que nos fazem ter vontade de comer mesmo sem isso ser uma fome
instintiva.

Como combater essa vontade de comer?

A vontade de comer não é dada somente por estímulos fisiológicos. Ela
pode ser ativada pelo paladar, olfato e por alguma razão emocional e não
nutricional. Essa vontade de comer pode não passar se você não comer
aquele alimento que você estava desejando.
Quando sentir vontade de comer, minha dica é: MUDE O FOCO..
Procure sair para se distrair, leia um livro que você goste muito, assista seu
seriado ou filme favorito, ligue para alguém que você goste, saia caminhar,
escreva, pinte, costure, borde, procure achar outros mecanismos para suprir
essa necessidade emocional. Aprender a lidar com essas oscilações de humor e fugir da necessidade de beliscar algo que você não precise naquele
momento.

Outra dica é começar a prestar atenção no que e o quanto está comendo. Tente evitar assistir televisão ou mexer no celular enquanto come.

Portanto, está mais que explicado aqui que passar fome não é a melhor saída
para quem busca uma vida saudável e emagrecimento. Alguns estudos
mostram que a restrição calórica por si só, aumenta os sinalizadores da fome e que passar fome não é uma estratégia inteligente!

Se você não sabe como se alimentar corretamente, dê uma olhada no programa Bionutri da Biotreino clicando aqui =)

Por: Nutricionista Isabela Lorizola – CRN-3 45342